BLOG

Tipos de anestesia em cirurgias plásticas

A anestesia é um tipo de medicamento que faz com que o organismo deixe de ter sensações, incluindo dores. Este tipo de método é utilizado nos mais diversos procedimento cirúrgicos, com o objetivo de que o paciente não sinta dores e possa submeter-se à cirurgia de modo tranquilo. Atualmente, há diversos tipos de anestesia, voltados para as necessidades individuais de cada caso. O médico ou cirurgião é que será responsável pela determinação da melhor técnica utilizada. Mas quais são os tipos de anestesia para cirurgias plásticas?

 

Uma das mais comuns e conhecidas é a Anestesia Geral que, como o próprio nome sugere, caracteriza-se como uma anestesia que abrange todo o corpo do paciente, tornando-o totalmente inconsciente. Por meio da aplicação, que pode ser feita na veia ou via inalação, o indivíduo passa a não conseguir movimentar-se ou sentir dores durante o procedimento. É indicada, em geral, para procedimentos de médio e grande porte.

 

A Anestesia Regional é dada em somente algumas regiões do corpo, compreendendo a anestesia raquidiana e a peridural. Este tipo de anestesia bloqueia o impulso da dor na medula, fazendo com que o paciente tenha ausência de sensações abaixo do umbigo. A raquidiana é aplicada na região das costas, e permite que o paciente fique com os membros inferiores e parte do abdômen imóveis. Por outro lado, a peridural é injetada perto dos nervos nas costas, que transmitem sensibilidade dolorosa. Por fim, há a Anestesia Local, utilizada em procedimentos superficiais de pequeno e médio porte, fazendo com que não haja o bloqueio de um nervo específico, limitando o efeito apenas à área que foi injetada a anestesia.

Voltar