CIRURGIA PLÁSTICA

PROCEDIMENTOS COSMIÁTRICOS

São métodos complementares nos planos de rejuvenescimento sobretudo da face, pescoço e mãos. Agem na pele e em alguns casos na musculatura.

Toxina Botulínica


A toxina botulínica tipo A é um medicamento do tipo bloqueador neuromuscular utilizado para tratar doenças como estrabismo, espasmos faciais, distonias musculares, hiperhidrose

e até enxaqueca, e também em procedimentos estéticos para tratar linhas faciais hipercinéticas (as rugas).

Age bloqueando a atividade muscular temporariamente. Isso suaviza as linhas de expressão (rugas) da face, na região da fronte, entre as sobrancelhas e em volta das pálpebras sobretudo.

Pode ser aplicada em homens e mulheres, em geral a partir de 25 -30 anos. Quando as rugas são ditas dinâmicas (rugas presentes apenas com expressão, por exemplo ao elevar as sobrancelhas) e a pele ainda não está marcada obtém-se os melhores efeitos dessa medicação.

Quando as rugas são ditas estáticas (presentes mesmo com a face em repouso) ocorre atenuação das pregas, mas não a completa eliminação.

A aplicação é realizada em ambiente ambulatorial (não é necessário internação hospitalar). Faz-se a demarcação das áreas a serem tratadas através do estudo da intensidade da contração muscular. Aplica-se pomada anestésica na pele associada a agente de resfriamento.

São então distribuídas as unidades da toxina botulínica conforme estudo prévio através de injeções com agulha fina.

Após o procedimento o paciente não deve se deitar por 4 a 6 horas, e deve evitar exposição direta ao sol.
A toxina começa a agir em cerca de 48 horas até atingir seu platô em 15 dias. A duração de seus efeitos é variável, em média 4 a 6 meses. Após esse prazo, pode ser reaplicada.



Preenchimentos e Volumizadores

São substâncias utilizadas para preencher sulcos naturais e conferir volume. O principal local de aplicação é a face, na região do sulco naso labial (popularmente chamado de bigode chinês) e na região malar ( bochechas). Os preenchimentos podem ser permanentes ou temporários.

Os materiais de preenchimento temporário mais utilizados são compostos de ácido hialurônico. O ácido hialurônico é um componente natural da pele humana.

Indicados para preencher rugas finas a sulcos, os hialuronatos são aplicados com agulha fina (após creme anestésico tópico e/ou agente de resfriamento) na derme, camada intermediária da pele em sessão única. A durabilidade média é de 6 a 8 meses.

Os materiais volumizadores, como exemplo os polímeros de ácido láctico, agem preenchendo espaço e promovendo produção e rearranjo das fibras colágenas, aumentando o volume da área tratada num prazo médio de 4 a 6 semanas , com durabilidade média de 18 meses. Em geral são realizadas 2 a 3 sessões com intervalo mensal.