BLOG

Tratamento de cirurgia plástica para assimetria mamária

A assimetria mamária, também chamada de diferença de tamanho dos seios, é um problema comum para inúmeras mulheres das mais diversas idades, e causa muito desconforto e traumas na auto estima feminina. Este tipo de disfunção pode ser desenvolvida por alterações hormonais, surgir durante ou após um processo de gravidez, por questões genéticas ou, até mesmo, como reflexo do surgimento de doenças que acometem a região mamária. Pensando nisso, a Modelare Cirurgia Plástica elaborou este artigo sobre como tratar a assimetria mamária.

 

Na maioria dos casos, até os vinte anos completos da mulher, a assimetria do tamanho dos seios é considerada normal, isto porque até este período o corpo ainda se encontra em desenvolvimento, não atingindo seu formato pleno e definitivo. Deste modo, é aconselhável que não sejam realizados quaisquer tipos de procedimentos cirúrgicos mamários antes desta idade, uma vez que o desenvolvimento natural do corpo pode reverter a deformidade.

 

A cirurgia plástica para correção de assimetria mamária, a Mamoplastia de Aumento ou Redução, é muito efetiva para a resolução deste tipo de problema. O procedimento visa harmonizar as diferenças de medidas das mamas, proporcionando maior bem estar e auto estima à paciente. Sua realização consiste em duas possibilidades: ou é realizado um implante de prótese na mama menor, ou a mama maior é reduzida por meios cirúrgicos.

 

Para maiores informações sobre o procedimento, entre em contato com a Modelare Cirurgia Plástica. Estamos localizados na região de Perdizes, em São Paulo. Conte conosco!

Voltar