BLOG

Espinhas na pele

Ao contrário do que muita acredita, o desenvolvimento de espinhas na pele não está restrito apenas à fase da puberdade e da adolescência. Na realidade, de modo crescente, jovens e adultos também têm apresentado cada vez mais tendência ao problema. O principal fator que leva ao surgimento das espinhas é a oleosidade excessiva da pele, isto é, quando esta apresenta elevados índices de secreções sebáceas gordurosas. Para ajudar com este tipo de situação, a Modelare Cirurgia Plástica criou este artigo sobre como tratar espinhas.

 

A principal dica para combater espinhas é justamente ir contra a incidência de maior oleosidade da pele, evitando o uso de roupas excessivamente quentes, assim como banhos em temperaturas muito elevadas, seguindo, também, as recomendações de um dermatologista responsável, que será capaz de avaliar a textura, o nível de óleo ou secura da pele e todos os tratamentos necessários. Além disso, é claro, é fundamental estar atento a higiene constante da pele, por meio da lavagem e do uso de produtos como adstringentes específicos, recomendados por um profissional.

 

Ainda durante a visita a um dermatologista, uma boa dica é solicitar a realização do procedimento de limpeza de pele, capaz de desobstruir os poros e promover sua higienização, assim como a remoção das espinhas presentes. Alguns tratamentos específicos para cada caso podem ser recomendados pelo profissional, tais como a manipulação de medicamentos antiacne.

Voltar