BLOG

Cirurgias plásticas em adolescentes

É possível realizar cirurgia plástica em adolescentes? Neste artigo, os cirurgiões da Clínica Modelare esclarecem tudo sobre cirurgia plástica na adolescência.

A cirurgia plástica em adolescentes tem sido um assunto bastante discutido nos dias atuais, sendo alvo de críticas e, também, de palavras de incentivo de inúmeros pessoas. Pesquisas indicam que a baixa autoestima decorrente da insatisfação com o próprio corpo tem sido um fenômeno cada vez mais comum em jovens menores de idade. Neste sentido, o questionamento sobre a possibilidade de realização da cirurgia plástica na adolescência torna-se pauta frequente. E é sobre isso que os cirurgiões da Clínica Modelare abordam neste artigo.

 

Quando começa a adolescência?
A adolescência é a fase da vida que costuma se iniciar aos 14 anos, no período da puberdade, e se encerra aos 18 anos, com a chegada da maioridade. Em geral, esta fase costuma ser profundamente marcada por diversas transformações em níveis físico, mental e social, fazendo com que qualquer tipo de procedimento realizado neste contexto deva ser avaliado sob muitos aspectos.

 

Quais as cirurgias plásticas mais procuradas por adolescentes?
Na maioria dos casos, os adolescentes que entram em contato com a clínica de cirurgia plástica em Perdizes buscam por procedimentos como: redução e aumento de mamas, rinoplastia, otoplastia e lipoaspiração. Em síntese, para decidir se uma cirurgia é indicada, é preciso realizar uma avaliação com um especialista em cirurgia plástica em Perdizes, considerando fatores como o desenvolvimento do problema e a motivação que leva o jovem a querer realizar.

 

Mas então, é possível ou não?
Para cirurgias de alteração da forma corporal, é preciso ter em mente que o corpo humano feminino costuma atingir seu amadurecimento completo somente por volta dos 16 anos, enquanto o corpo humano masculino amadurece completamente por volta dos 18 anos. De tal forma, a maioria das cirurgias acabam por não ser recomendadas, uma vez que os resultados finais podem sofrer alterações.

 

Sobretudo, a realização de cirurgia plástica em adolescentes, independente da região a ser tratada, deve sempre ser avaliada por um profissional capacitado, assim como o responsável pelo menor de idade. Em casos como a Otoplastia, o procedimento pode ser autorizado, mediante a autorização do responsável e a indicação do cirurgião plástico. Para saber mais, envie-nos uma mensagem e agende a sua consulta com os cirurgiões da Clínica Modelare.

  

Voltar